A operação de delivery pode ser a nova filial do seu restaurante

NOTÍCIAS
A operação de delivery pode ser a nova filial do seu restaurante
A importância do bom atendimento para manter clientes
por Infood
09/10/2017

Nos últimos dias, o delivery foi um assunto que surgiu em algumas conversas que tive com profissionais no mercado. Não tenho dúvida em afirmar que esta é uma tendência na gastronomia, mas como toda a tendência, ela sempre oferece oportunidades e riscos.

Cabe a você, profissional do mercado, entender como esta tendência impacta seu negócio, e o que ela pode significar para sua operação.

Aprendi em minha carreira que devemos evitar os exageros. Muita gente vê o delivery como uma solução para seu negócio, e outros o vêem com algo impossível para sua operação. Eu tomaria cuidado com as duas avaliações, pois em geral elas são baseadas em pré conceitos.

O primeiro grande passo é avaliar a possibilidade e, se possível, testar uma solução.

Quanto você considerar um teste, vai entender o impacto do delivery na sua operação. Aqui vale avaliar se seus equipamentos podem absorver esta nova demanda e se você tem pessoal necessário para dar este passo. Estas não são as únicas perguntas, mas são o começo para quem quer começar no delivery

O delivery do Saj restaurante

O Saj restaurante hoje, para mim, é uma referência em delivery. Não digo isto por conta dos resultados, pois não tenho ideia do impacto em suas operações, mas digo isto por conta do tempo que o Saj já conta com uma operação de delivery.

Algo que impressiona em sua operação, e que muitos não sabem, é que eles têm um endereço dedicado à operação de delivery. Um imóvel de menor custo que não está nem caracterizado com a marca da operação.

Com esta cozinha dedicada, ele consegue ter mais foco na operação de delivery e evita que as operações do restaurante se confundam com o delivery. Muitas vezes, a presença das motos próximas à entrada principal do seu restaurante é algo complicado.

Nem todo o cardápio se adapta ao delivery

Eu diria que sim, mas mais importante que responder a questão é produzir testes e avaliar como a comida chega após o transporte. Bons projetos não podem sofrer com ansiedade. Teste, desenvolva e pesquise. O importante é não transformar seu consumidor numa cobaia.

Tenho ouvido de alguns empreendedores que sua comida não se adapta ao sistema de entregas. Devo dizer que isto é um paradigma perigoso, pois nem mesmo o serviço de pizza, tão habituado ao delivery, oferece uma pizza na mesma condição do que o produto servido na mesa de uma pizzaria.

Lembre-se que a embalagem e o tempo de transporte terão efeito na oferta final do seu produto. A grande pergunta que devemos fazer é: até que ponto o consumidor se preocupa com isto?

Aqui está em jogo a comodidade. Imagine um casal que tenha tido um bebê e, portanto, não consegue ir até um restaurante. Eles devem entender a diferença entre o pedido na mesa de seu restaurante e o prato enviado para sua casa. A diferença, para eles, é que estão podendo comer a comida que gostam.

Quer ter uma ideia de como o mercado está trabalhando? Peça comida pelos aplicativos em casas que você conhece e confia, nesta semana. Veja como seus concorrentes estão fazendo. Acredito que você pode ter algumas surpresas.

A oportunidade com os aplicativos

De toda a forma, com a chegada dos aplicativos de entrega, uma grande barreira de entrada, que era o transporte, foi eliminada. Vale avaliar este tipo de serviço e fazer testes. Esta é uma receita adicional que pode gerar um ganho maior para sua casa, uma vez que não teremos o custo de serviço do restaurante.

Para o varejo tradicional, a criação de lojas na internet teve o impacto de um desenvolvimento de uma segunda loja. Acredito que, para os restaurantes, este será o maior benefício do delivery. Ampliar a venda dos produtos sem um grande aumento no custo fixo é uma grande oportunidade.

 

 

 

CONHEÇA TAMBÉM
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
MAIS NOTÍCIAS
06/10/2017
Plano de metas na panificação: Construindo o futuro do seu negócio
LEIA MAIS
16/10/2017
'Anticafés' chegam a Brasília; clientes pagam por hora e não por consumo
LEIA MAIS
16/10/2017
Cresce participação dos pequenos negócios na geração de empregos
LEIA MAIS
16/10/2017
Clientes estão dispostos a pagar mais por experiência de compra
LEIA MAIS
VEJA TODAS AS NOTÍCIAS
VEJA TAMBÉM

 

 

CONTATO

ESCRITÓRIO CENTRAL BELO HORIZONTE

Rua Espirito Santo, 1204 - 10 andar - Centro
30160-031 - Belo Horizonte / MG
(31) 2101-9999
contato@marciorodrigues.com.br

 

ESCRITÓRIO BRASÍLIA

HN - Qd 02 - Bloco H, nº 30
Sobreloja - Sala 55 - Mix Metropolitan Flat
70702-905 - Brasília/DF
(61) 3326.3282

ESCRITÓRIO AVANÇADO SÃO PAULO

(11) 96075-7304
(11) 96075-7305

 

 

ESCRITÓRIO VITÓRIA

Av. Cel. José Martins Figueiredo, 965 - 1º andar -
Tabuazeiro
29.049-405 - Vitória/ES
(27) 3325.3754

GESTOR MR EXCHANGE